A razão por detrás de Let’s move for a better world

36 anos. Não, não é a idade do escritor, mas o tempo que passamos sentados ao longo da vida. A trabalhar atrás de uma secretária, a conduzir e esticados no sofá. Tudo isto se traduz numa palavra: sedentarismo. A Technogym tem vindo a promover a atividade física e os seus benefícios através do conceito Wellness há mais de 30 anos. Em particular, nos últimos anos, a empresa entrou em campo contra o trabalho sedentário e os danos daí resultantes, com a campanha global Let's Move for a Better World.

É um problema global

Nos últimos 30 anos, o fenómeno tornou-se mais pronunciado, alcançado números impressionantemente altos. Alguns dados podem ajudar-nos a compreender a extensão do problema.

  • Em 2016, mais de 1,9 mil milhões de adultos tinham excesso de peso. Destes, mais de 650 milhões eram obesos.
  • No total, 13% da população mundial tinha excesso de peso em 2016.
  • A obesidade no mundo triplicou entre 1975 e 2016.

Os problemas de excesso de peso não afetam apenas adultos: no ano passado, mais de 340 milhões de crianças e adolescentes sofriam de excesso de peso ou obesidade. Desde 1975, a percentagem de jovens com problemas de peso quase que quintuplicou.

Hoje, há mais pessoas com excesso de peso ou obesas no mundo do que as que sofrem de subnutrição; e isto aplica-se à escala mundial, com a exceção de algumas partes da África subsariana e da Ásia.

Causas e efeitos

A par da evolução cultural e tecnológica que nos trouxe até onde estamos hoje, o Homem sofreu, por outro lado, uma involução do ponto de vista da atividade física. Estamos longe dos nossos antepassados, que corriam e se mexiam para viver.

A principal causa do excesso de peso e da obesidade é o desequilíbrio entre as calorias ingeridas e as consumidas. Este fenómeno é, certamente, muito complexo, tal como as causas que o geram. Podemos realçar duas macrocausas a nível global:

  • o aumento do consumo de comidas calóricas, ricas em gorduras
  • o aumento da inatividade, principalmente devido ao trabalho sedentário, modos de transporte e crescente urbanização.
Ambas as condições de excesso de peso implicam riscos, sejam baixos ou elevados, e os efeitos na nossa saúde são numerosos e importantes.

MURAL WELLNESS

Conhecemos, realmente, a fronteira entre o excesso de peso e a obesidade? Os dois termos são usados, frequentemente, de modo equivalente, usando erradamente o adjetivo "obeso" quando a pessoa tem apenas alguns quilos a mais.

Mas a obesidade e o excesso de peso não são sinónimos.

O principal parâmetro de avaliação do peso corporal é representado pelo Índice de Massa Corporal (IMC), que resulta da relação entre o peso de uma pessoa e a sua altura. Um valor de IMC de 25 kg ou mais (em que apenas uns quilos a mais podem ser suficientes) classifica a pessoa na categoria de "excesso de peso", ao passo que um IMC de 30 ou mais entra na definição de "obesidade".

Da mesma forma, as pessoas com excesso de peso são consideradas "de risco" pelas consequências do excesso de peso para a saúde (especialmente, doenças cardiovasculares e diabetes), enquanto que as pessoas obesas são consideradas "de alto risco".

Os 5 principais efeitos do sedentarismo

  1. Redução do metabolismo: uma hora sentado leva a uma diminuição da principal enzima que transforma o colesterol mau em bom, o que pode levar a um risco mais elevado de doenças cardiovasculares e diabetes.
  2. Lesões musculares: estando muito tempo inativos, os músculos podem perder elasticidade, firmeza e massa.
  3. Enfraquecimento dos ossos: se não trabalharem, não têm os estímulos necessários para se regenerarem; para não perderem força e densidade, têm de suportar o peso do nosso corpo. Por este motivo, uma vida sedentária aumenta o risco de sofrer de osteoporose.
  4. Postura incorreta: permanecendo sentado por longos períodos, corre o risco de assumir posturas erradas que, com o tempo, podem causar lesões nas costas, ombros e pescoço.
  5. Apneia do sono: está intimamente ligada a problemas cardíacos e retenção de líquidos. Os líquidos que são retidos durante o dia circulam livremente durante a noite e podem obstruir as vias respiratórias.

Igualmente importante é o facto de que o comportamento sedentário também afeta as nossas mentes, aumentando o risco de depressão até 25%, especialmente se o tempo em que estamos parados é passado em frente ao computador e na internet; mas passar demasiado tempo a ver televisão também aumenta o risco (+13%). Isto é demonstrado por um amplo estudo publicado no British Medical Journal of Sports Medicine e conduzido por especialistas da Universidade de Qingdau, na China, em mais de 193 mil pessoas.

From individuals to society

As características do problema e a sua propagação fazem do sedentarismo um "flagelo social", com custos elevados para a sociedade e os governos: a inatividade não tem apenas um impacto negativo sob a forma de custos diretos para o sistema de saúde, mas também tem custos indiretos elevados em termos de aumento das baixas por doença, incapacidade para o trabalho e mortes prematuras.

Estima-se que, para uma população de dez milhões de pessoas, metade delas insuficientemente ativas, os custos da inatividade serão de 910 milhões de euros por ano. Globalmente, é a epidemia do séc. XXI, o inimigo público n.º 1 que a OMS (Organização Mundial de Saúde) tenta erradicar com as novas orientações, válidas até 2020. As principais recomendações da Organização são as seguintes: pelo menos, 150 minutos de atividade física por semana para os adultos e 60 minutos por dia para as crianças e jovens.

A missão da Technogym contra a obesidade global

A Technogym, tal como a OMS, tem vindo, desde há muito, a propor a atividade física como um meio de prevenção e cura para a saúde da população. A resposta a uma vida sedentária é uma vida ativa, uma vida wellness.

A força motriz por detrás da filosofia wellness é, certamente, o exercício físico, mas não apenas ele.

Nerio Alessandri

Wellness é uma oportunidade social para todos: para os governos, que podem reduzir os custos dos cuidados de saúde; para as empresas, que podem contar com colaboradores mais criativos e produtivos; e para todos os cidadãos, que podem melhorar a sua saúde e estilo de vida quotidiano. A nossa esperança é que continuemos a contribuir para a propagação do conceito wellness, pois quanto mais pessoas adotarem um estilo de vida wellness, melhor será o mundo. Esta filosofia é a missão social na qual baseamos o nosso compromisso diário. Wellness é o estilo de vida que, através da combinação de uma atividade física constante, uma alimentação saudável e uma abordagem mental positiva, permite à pessoa alcançar o seu próprio equilíbrio.

Apesar de atividade física e exercício serem conceitos diferentes, em que o primeiro significa qualquer forma de movimento e o segundo representa uma forma mais estruturada de movimento realizado para fins específicos, ambos representam elementos fundamentais do Wellness.

Sem eles, não é possível alcançar o bem-estar psicofísico. O Homem foi concebido para se mexer e não pode permitir-se correr os riscos de uma atividade sedentária. Desde 2002, a OMS tem vindo a promover uma campanha com o significativo slogan Move for Health.

Também os nutricionistas, nas suas orientações, não deixam de dar grande ênfase ao impacto de um estilo de vida ativo na saúde geral das pessoas. Uma atividade física moderada, mas constante, pode, então, ser considerada uma verdadeira 'droga' que, nas doses certas, só traz vantagens e não tem quaisquer efeitos secundários adversos.

É por esta razão, como demonstração desta evidência, que o American College of Sports Medicine lançou uma iniciativa mundial chamada Exercise is Medicine, da qual a Technogym é Parceiro Global.

Let's Move for a Better World

Em 2014, a Technogym lançou a sua campanha global Let’s Move for a Better World, em linha com a sua missão. Esta iniciativa visa consciencializar a comunidade para o sedentarismo e a obesidade, promovendo o exercício como o meio ideal de os combater.

E fá-lo de maneira viciante e divertida!

How does it works
Com a iniciativa Let's Move for a Better World, as pessoas que treinam no ginásio podem fazer uma boa ação para si mesmas e para os outros. Treinando num dos centros de fitness participantes, os utilizadores podem acumular MOVEs (a unidade de medida de movimento da Technogym).

Com base nos MOVEs acumulados, os centros vencedores são chamados a escolher uma escola ou associação não lucrativa a quem podem doar o equipamento mais avançado da Technogym: além de melhorarem a sua forma física, travarem novas amizades e se divertirem, os participantes também podem ajudar a sua comunidade a tornar-se mais ativa.

Desta forma, os ginásios participantes tornam-se Wellness Ambassadors, verdadeiros campeões de uma vida dinâmica.

A partir do ginásio, a palavra irá espalhar-se rapidamente, graças à natureza viral do Let's Move, tornando-se num valioso aliado na luta contra a vida sedentária e as suas consequências.

De Milão ao Rio
A iniciativa Let's Move for a Better World teve tanto sucesso que a Technogym decidiu reproduzi-la em três edições especiais. A primeira, na Expo 2015 de Milão, onde a Technogym esteve presente como "Official Wellness Partner".

A Expo foi organizada sob o slogan Nutrir o Planeta, Energia para a Vida. O principal objetivo do evento era apresentar respostas concretas a questões importantes, como o desenvolvimento sustentável e a segurança alimentar.

Na Expo, a Technogym promoveu a campanha Let's Move & Donate Food, apoiando o Programa Alimentar das Nações Unidas.

Os visitantes eram incentivados a doar o seu próprio movimento, medido em MOVEs: cada 1000 MOVEs correspondiam ao donativo de uma refeição a crianças que sofressem de subnutrição.

A segunda edição especial do Let's Move & Donate Food teve como cenário as encostas nevadas de Davos. Por ocasião do Fórum Económico Mundial, os participantes foram convidados a transferirem a app Technogym, para monitorizarem o seu movimento diário. Os MOVEs acumulados eram, então, doados para fornecerem refeições a crianças em países afetados pela subnutrição.

No mesmo ano, durante as Olimpíadas do Rio, a Technogym promoveu o projeto Let's move for Rio.

A campanha envolveu atletas e campeões olímpicos, os chamados "Wellness Enthusiasts" e frequentadores dos ginásios de todo o mundo, promovendo o desporto e a atividade física como uma oportunidade social.

Através da plataforma digital da Technogym, Mywellness cloud, atletas e entusiastas do wellness puderam medir o seu exercício físico durante os Jogos Olímpicos. Os MOVEs acumulados foram, então, convertidos em equipamento Technogym, que foi doado a 22 ginásios públicos nas comunidades mais desfavorecidas do Rio.

Together, we will move the world
#letsmoveforabetterwolrd

O site utiliza seus próprios cookies técnicos, cookies analíticos de terceiros anônimos e cookies de terceiros que podem ser usados no estabelecimento de perfis: ao acessar qualquer elemento/área do site fora deste banner, você está aceitando o recebimento de cookies. Se você quer saber mais ou recusar a aceitação de cookies, clique aqui. OK