Aproveite ao máximo as oportunidades de treinar no inverno

Mantenha-se em forma neste Natal

Este não é apenas o nosso desejo, mas também uma verdadeira possibilidade, mesmo que não seja fácil para muitas pessoas manter-se em forma durante o inverno, especialmente durante a época natalícia.

O inverno apresenta um clima adverso, dias curtos e, aparentemente, mais tempo para grandes jantares. No entanto, os meses de inverno podem ser uma boa altura para se dedicar às atividades que o fazem sentir-se bem: apresentamos algumas sugestões para manter a motivação de treinar... mesmo a baixas temperaturas.

5 boas razões para treinar no inverno

Em forma para o verão

Normalmente, começa a treinar alguns meses antes do verão, sem grandes resultados. Aumentar a força, a capacidade aeróbica ou perder peso são objetivos que têm de ser perseguidos gradual e firmemente ao longo do tempo: então, porque não começar a treinar bem antes, durante o período de inverno?

Melhorar o desempenho nos desportos de inverno

Para se manter ativo no inverno, pode, é claro, praticar os desportos característicos da época. A patinagem no gelo, o esqui, o snowboard e as descidas em trenó são atividades que só pode praticar durante o inverno, com amigos ou familiares. Estas atividades, entre outras coisas, ajudam-nos a desenvolver aptidões e capacidades noutras modalidades.
MURAL WELLNESS: preparação dos desportos de inverno
Natal não significa apenas presentes e luzes, mas também montanhas, esqui e snowboard! Apesar de estes desportos serem sazonais, a preparação física não deve ser ignorada. Estas atividades requerem um alto nível de resistência, combinada com uma boa execução técnica. Vários estudos científicos demonstraram que existe uma correlação entre o desequilíbrio nos músculos das coxas e o risco de lesões nos joelhos. Um bom treino tem de simular posições e movimentos específicos do esqui ou snowboard, bem como melhorar a força, a resistência e a capacidade aeróbica.

Em primeiro lugar, selecione os exercícios que melhor simulam os movimentos específicos do desporto. Por exemplo, se vai passar uma semana a praticar esqui alpino, os agachamentos ou o treino com um simulador de degraus, como o "Excite Climb" da Technogym, são muito adequados.

Por outro lado, se pretende praticar esqui "cross-country" ou patinagem, os melhores exercícios são os lunges ou um treino em equipamentos elípticos, como a "Synchro Forma" da Technogym.

O segundo passo é escolher o melhor modo de treino, pois o esqui alpino requer uma maior capacidade de resposta do que o esqui "cross-country". Em contrapartida, o esqui "cross-country" requer mais força e capacidade aeróbica do que o esqui alpino. Um treino ideal para esqui alpino inclui, então, uma combinação de algumas repetições de levantamento de pesos de cargas pesadas com exercícios de sprint de reatividade. Por outro lado, o melhor treino para esqui "cross-country" inclui exercícios de força com carga leve com repetições prolongadas para melhorar a resistência, combinados com longas sessões aeróbicas para melhorar as condições cardiovasculares.

Um conselho para todos: quanto mais cedo começar, mais irá beneficiar! Para conseguir um aumento significativo da força e da capacidade aeróbica, recomenda-se que treine regularmente uma rotina concebida especificamente, durante um período mínimo de 3 meses.

Fortaleça o sistema imunitário

Quanto mais em forma estivermos, menos tendência teremos para ficarmos doentes no inverno. Na verdade, um corpo saudável e treinado tem um sistema imunitário mais forte e resistente. Dependendo do modo e da frequência da prática de exercício, o desporto pode melhorar ou reduzir as defesas imunitárias do corpo e, consequentemente, diminuir ou aumentar a probabilidade de contrair doenças típicas do frio, como gripe, constipações, tosse e dores de garganta. Estudos realizados em atletas e pessoas que praticam atividade física regularmente a nível amador demonstraram que o treino moderado, que mantém o corpo em forma sem stresse, ajuda a aumentar a capacidade de combater vírus respiratórios antes de eles se implantarem e causarem as doenças sazonais típicas.

Vamos divertir-nos no ginásio

Quem preferir praticar dentro de portas no inverno, encontrará um ambiente divertido e estimulante no ginásio. Os centros de fitness de hoje já não são apenas os tradicionais espaços de treino com pesos ou cardiovascular, mas oferecem cursos para todos os gostos. Pedale nas asas da adrenalina com as bicicletas de exercício Group Cycle ou vogue como na água com as máquinas de remo Skillrow. A lista poderia continuar, mas vamos deixar para si o prazer de descobrir tudo o que pode fazer no ginásio, especialmente com o equipamento Technogym.

Treinar em casa

Se não quisermos abandonar o conforto do lar, também podemos treinar confortavelmente em casa. Passadeiras que o ensinam a correr corretamente, como a MYRUN, ou a melhorar o seu desempenho de maneira profissional. Por outro lado, com o MYCYCLING, pode treinar como um verdadeiro ciclista profissional... sem sair da sua sala.

A fim de transformar o inverno de nosso descontentamento no inverno de nossa reforma, só temos o embaraço da escolha e apenas boas razões para fazê-lo.

/related post

A nutrição aliada ao Cycling: como prevenir um ataque de fome

Practical advice and strategies to avoid the "hunger crisis" and dehydration in cycling.

O site utiliza seus próprios cookies técnicos, cookies analíticos de terceiros anônimos e cookies de terceiros que podem ser usados no estabelecimento de perfis: ao acessar qualquer elemento/área do site fora deste banner, você está aceitando o recebimento de cookies. Se você quer saber mais ou recusar a aceitação de cookies, clique aqui. OK