Como começar a mexer-se eficazmente

A maioria das pessoas afirma não ter tempo para fazer alguma atividade física, mas começar a mexer-se para ter um estilo de vida mais saudável não é tão difícil como parece. 

Escolha atividades que lhe dão prazer

Alcançar e manter um bom estado de saúde não é tão difícil como parece. Nem sequer precisa de ter muito tempo livre, de se inscrever num ginásio ou de praticar uma modalidade; basta-lhe mudar os seus hábitos para um estilo de vida mais ativo. Pelo menos 30 minutos diários de atividade física são suficientes para manter a forma.

É importante recordar que qualquer forma de movimento é atividade física. Pode fazê-la em qualquer altura do dia; ir de bicicleta para o trabalho, por exemplo, ou estacionar o seu automóvel a uma distância maior do que o habitual, ou, quem sabe, ir mesmo a pé para o trabalho. Na realidade, estes bons hábitos farão com que sinta que se está a mexer mais, pois o seu corpo irá dizer-lhe que se sente melhor quando está em movimento.

Dicar para começar a mexer-se mais

Comece a mexer-se assim que possível, com uma intensidade moderada, que deverá depois aumentar gradualmente. Inclua exercícios de força, resistência, flexibilidade e equilíbrio.

  1. O ideal é fazer um exame médico antes de iniciar um programa de atividade física, para excluir quaisquer problemas que possam ocorrer durante o exercício.
  2. Antes de iniciar uma sessão de treino, dedique parte do seu tempo ao aquecimento. É importante chegar mesmo ao esforço máximo, mas gradualmente.
  3. Tente fazer, pelo menos, 150 minutos de exercício aeróbico de intensidade moderada por semana. Recomenda-se 30 minutos de atividade diária ou, pelo menos, cinco dias por semana. Mesmo caminhar a passo acelerado até ao seu local de trabalho já é um início.
  4. Dedique, no mínimo, dois a três dias por semana ao treino de força, com atividades que utilizam os grupos musculares principais.
  5. Faça alguns exercícios de alongamento para melhorar a flexibilidade das articulações e o equilíbrio, no mínimo, três vezes por semana.
  6. Escolha uma atividade que seja do seu agrado e que lhe dê prazer, para poder realizá-la de forma regular e gradual. Muitas vezes, as lesões são causadas pela realização demasiado rápida de um exercício ou com cargas excessivas; a falta de treino adequado aumenta o risco de lesões, pois o corpo não está preparado. As cargas devem ser aumentadas gradualmente, permitindo que o seu corpo se adapte ao peso novo.
  7. Se sentir dores durante o exercício, pare. A dor é sempre um sinal de que algo não está bem. Não ignore o que o seu corpo lhe está a dizer. Consulte um médico e faça um exame assim que possível.
  8. Fale com um instrutor que o ajudará a descobrir a técnica correta para fazer determinados exercícios, especialmente se pretender frequentar um ginásio; aprender a levantar pesos corretamente irá aumentar a sua força, sem que corra o risco de sofrer traumatismos.

Não se preocupe se sentir dores no dia seguinte: é normal que o seu corpo precise de se adaptar, e essas dores ligeiras significam que os seus músculos estiverem inativos durante algum tempo.

QUER SABER MAIS?

Ler Uma introdução para começar a mexer-se
Ler Os benefícios do movimento
Ler Perguntas e respostas